O Reposicionamento e a Comunicação Institucional da Globo.

Regionalização da Globo, o fato e a sua explicação

 

globo

por Flávio Ricco

No Rio, a vinheta “Globo, carioca como você” continua no ar, contrariando tudo o que foi feito por muito tempo e por parte de alguns de seus diretores mais importantes, para não deixar transparecer essa conotação de imagem regional.
De duas, uma: ou não pensam mais daquele jeito ou foi uma mudança de posição determinada pelos recentes resultados alcançados pela Record nesta praça, principalmente com “A Lei e o Crime” e “Chamas da Vida”. Impossível imaginar outra coisa.
Mas tanto em um, como no outro caso, a aberração é a mesma. A Globo, mais do que nunca, hoje é Brasil. Tem no seu elenco representantes dos mais diferentes pontos do nosso País e alguns, como no seu jornalismo, levados ao requinte de se submeter aos serviços de fonoaudiólogos, exatamente para não deixar transparecer qualquer sotaque regional. Surpreende que apenas dois resultados de uma concorrente modifiquem uma posição de tanto tempo.
Resposta da Globo
Em relação ao assunto, Mônica Albuquerque, da Central Globo de Comunicação, responde: “Se vocês repararem bem, desde meados de 2008, todas as campanhas locais de Rio e SP passaram a assinar como Globo Rio e Globo São Paulo. O motivo é simples: em todos os outros estados isso já acontecia. As afiliadas sempre tiveram seus posicionamentos locais e mesmo as regionais (BH, Brasília e Recife) faziam isso. O slogan da Globo Nordeste, por exemplo, é: Pernambuco no coração. Apenas em Rio e São Paulo, por serem cabeças de rede, acabavam não tendo campanhas específicas para seus estados. No ano passado, com o retorno do Amauri Soares para o Brasil, o Octavio Florisbal (diretor geral da Globo) decidiu corrigir isso. Dentro da área de projetos especiais, tocada pelo Amauri, um dos desafios é criar essa comunicação local também.
Claro que na comunicação institucional, de rede, a posição nacional permanece ("A gente se vê por aqui"). Apenas em eventos que só aconteçam na região é que o apoio será localizado em uma vinheta própria. Tanto assim que esse "carioca como você" a que você se refere é dito apenas no áudio. A assinatura institucional se mantém.”

 

Fonte: http://www.cosmo.com.br/colunistas/colunas_texto.php?id=1376&id_colunista=16&id_publicidade=55

This entry was posted on quarta-feira, 1 de abril de 2009 and is filed under ,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

One Response to “O Reposicionamento e a Comunicação Institucional da Globo.”

Ocappuccino disse...

É, a globo está procurando novas maneiras de atingir o telespectador, aqui no Rio Grande do Sul a RBS (afiliada globo) ano passado mudou todo layout da logo, da programação, de cenários e ainda trocou o slogan de 'A gente faz pra você' para 'Sua vida na TV'.

http://ocappuccino.blogspot.com/2008/10/rbs-tv-de-cara-nova_21.html

Este é o link da postagem que Ocappuccino fez sobreo assunto.

Mateus d'Ocappuccino